Além da tecnologia: 4 principais aspectos a serem considerados ao se tornar digital

Além da tecnologia: 4 principais aspectos a serem considerados ao se tornar digital | MCI Brasil | PT

May, 29 2020

Mover uma conferência de presencial para digital é mais fácil falar do que fazer. Além da tecnologia, aqui estão quatro aspectos principais que as associações devem ter em mente ao se aventurar no espaço digital.

Há uma infinidade de ferramentas, dicas e truques no mercado para criar uma plataforma de conferência on-line e lucros para as partes que prometem uma solução rápida. É difícil evitar quando tantas conversas sobre o tópico de conferências digitais ficam presas em detalhes técnicos. Mas não se trata apenas de tecnologia. Assim como um congresso, não se trata apenas do local do evento, uma reunião virtual não se concentra apenas nas ferramentas de tecnologia que você usa. Aqui estão quatro aspectos principais que as associações devem considerar ao conceber e projetar uma conferência digital.

1. Garanta um alto nível de atenção

"Oh, olha, um vídeo engraçado de gato!" Atenção: a preocupação número um das associações que organizam conferências digitais. "Meu público ficará atento?" Uma recente pesquisa interna da MCI confirmou que essa é uma preocupação para muitos clientes. E assim, eles hesitam antes de se tornarem virtuais. Mas, se bem feita, realizar uma conferência digital pode ser uma solução muito poderosa. Se bem feita.

2. Aproveite os pontos de contato de dados

Estratégias adequadas de gerenciamento de dados permitirão que você vá além e saiba mais sobre quais mensagens ressoam com quem. Se o processo de registro for bem projetado, você poderá obter informações muito específicas sobre cada participante e aprender mais sobre cada indivíduo do que em uma conferência ao vivo. Se você tornar as apresentações interativas, poderá verificar imediatamente os dados de registro com as reações do público, algo que é muito difícil de fazer em uma reunião ao vivo.

Você quer descobrir mais sobre nossos serviços? Conheça mais

3. Aplique o design thinking

Como em uma conferência presencial, algumas regras básicas se aplicam - conhecer seu público, ter um bom conteúdo, garantir que a logística funcione. Mas construir, envolver e manter uma comunidade em um ambiente on-line requer novas estratégias, táticas e modelos de negócios. Para planejar a reunião, por que não voltar ao básico e considerar os motivos de sua comunidade se encontrar em primeiro lugar? Estabelecer as necessidades e preferências de sua comunidade impulsiona esse design, seguido pela avaliação de um modelo de negócios adequado.

4. Forneça valor para todos

É necessário muito design estratégico, e tudo começa com a identificação adequada dos objetivos para todas as partes envolvidas. Isso significa a associação, os participantes e os patrocinadores. Tudo precisa se conectar e todos precisam obter uma relação custo/benefício. E sim, um bom conteúdo é essencial. Mas isso também vale para conferências ao vivo. Se o assunto é chato, se o interlocutor não se engaja, se o visual é ruim e se o moderador não administra uma boa sessão interativa, as pessoas na sala de reunião também perdem a atenção, talvez peguem o celular e comecem a verificar os e-mails. E antes que você perceba, você ouvirá alguém murmurar "Oh, olha, um vídeo engraçado sobre gatos ..."

Você é uma associação procurando uma alternativa para a sua conferência presencial? Entre em contato conosco para explorar suas possibilidades digitais.

ABOUT THE AUTHOR

Jurriaen Sleijster

Presidente & COO

Send me a message

SUGGESTED READS

MAIS POPULARES

Inscreva-se para as últimas notícias & insights

A MCI Group coleta seus dados pessoais para processar sua solicitação e responder a você. Para mais informações: Declaração de Privacidade

* campos obrigatórios

ENVOLVA-SE CONOSCO

Conheça os benefícios de nossas soluções consolidadas