Eventos online vs. offline: quais são as mudanças e o que deve permanecer o mesmo?

Eventos online vs. offline: quais são as mudanças e o que deve permanecer o mesmo? | MCI Brasil | PT

May, 21 2020

As experiências de eventos off-line e on-line são opostas? Ou existem regras básicas que se aplicam a ambos? Fizemos a nós mesmos essas perguntas para nos aprofundarmos na mudança digital que ocorre nos eventos e nos fundamentos que permanecem os mesmos.

On-line, off-line, on-line. Ultimamente, todos debatemos se os eventos presenciais são melhores do que os eventos on-line ou se o on-line substituirá o off-line para sempre. Investigamos o porquê de participar de um evento já planejado e apenas publicá-lo em uma plataforma on-line não funciona tão bem. Nós nos perguntamos por que, mesmo com toda a tecnologia à nossa disposição, continua sendo difícil criar experiências significativas que ressoam com seu público-alvo.

Mas, seja ao vivo ou virtualmente, ainda estamos falando de pessoas, de conexões humanas. E algumas regras sempre se aplicam. Ney Neto, diretor de desenvolvimento de negócios e inovação da MCI Brasil, lança alguma luz sobre o que precisa mudar e quais pilares devem permanecer os mesmos.

On-line vs. Off-line: o que muda?

1.A experiência de aprendizagem

Uma das principais razões pelas quais as pessoas dedicam-se a participar de eventos é a experiência de aprendizado, a oportunidade de se reunir com colegas para se instruir sobre os novos desenvolvimentos do setor. Enquanto em eventos ao vivo ou congressos é comum ter sessões mais longas, no mundo on-line o tempo de atenção é notavelmente menor. Por esse motivo, a maneira como você educa os participantes deve ser pensada de maneira diferente. O conteúdo é melhor assimilado se cortado em pedaços mais curtos e mais digeríveis, e ainda melhor se puder ser disponibilizado sob demanda quando o evento terminar.

2. Quanto menor o tempo de atenção

Como mencionado, o tempo de atenção é um dos aspectos mais críticos do espaço online. Por que? Como a web está cheia de distrações - pense com que frequência verificamos e-mails e mídias sociais. Além do mais, agora que todos estão trabalhando em casa, as distrações também estão à nossa volta na forma de crianças ou tarefas domésticas. É por isso que é necessário criar uma experiência de evento on-line, sabendo que seu público não passará uma hora na frente de uma tela, como faria em uma sala de conferências.

3. O toque humano

Recentemente, li uma citação do magnata dos negócios Warren Buffet que me impressionou: “Você nunca verá os olhos nos olhos, se nunca se encontrar cara a cara.” A maneira como você cria e nutre relacionamentos on-line nunca será tão eficaz quanto conhecer pessoas na vida real, olhá-las nos olhos, apertar as mãos. É assim que você cria confiança e estabelece relações comerciais duradouras. Por esse motivo, acredito que voltaremos a nos encontrar pessoalmente - é a natureza humana.

Você quer descobrir mais sobre nossos serviços? Conheça mais

Online vs. Off-line: o que permanece o mesmo?

1. A necessidade de personalização

A festivalização tem sido uma grande tendência nos eventos nos últimos anos. No fundo, está a noção de que um evento que satisfaça interesses variados desfrutará de níveis mais altos de engajamento. Festivalização é basicamente personalização. Os participantes podem escolher o que desejam consumir e quando. É um festival - você faz o que quiser na hora que quiser. Da mesma forma, se você planejar um evento virtual com uma agenda apertada, provavelmente perderá o interesse dos participantes. Os eventos, sejam eles on-line ou ao vivo, funcionam melhor quando podem ser personalizados e personalizados com base nas necessidades de cada participante.

2. Participação ativa

Longe vão os momentos em que os participantes se contentam em sentar, ouvir e receber informações. Os participantes agora estão procurando oportunidades para participar e interagir ativamente dentro do contexto do evento. On-line e off-line, o público é o centro. Participar de um evento é uma experiência coletiva, portanto, dê aos participantes a chance de conversar, debater e co-criar o evento.

3. O valor do tempo

Todos levamos uma vida ocupada, e fazer as pessoas investirem seu tempo em participar de um evento sempre foi um desafio. Quando você pede a uma pessoa que participe de um evento ou conferência ao vivo, solicita que ela dedique um tempo considerável à agenda para planejar, viajar e finalmente participar do evento. Apesar disso, as pessoas ainda aparecem pelo conteúdo, pela conexão humana, pela experiência. Agora que estamos todos em casa, e as fronteiras entre nossas vidas pessoal e profissional estão ficando mais desfocadas, o tempo ainda tem um valor semelhante. Você oferece algo que é valioso e relevante ou seu público não aparece. O ponto ainda é a criação de experiências inesquecíveis que serão um bom uso de seu tempo.

Você está interessado em saber mais sobre como podemos ajudá-lo a traduzir seu conteúdo de evento ao vivo em uma experiência on-line valiosa e envolvente? Fale com a MCI.

ABOUT THE AUTHOR

Benedetta Fadini

Benedetta Fadini
Benedetta Fadini

Benedetta é uma criadora de conteúdo apaixonada por contar histórias e novas tecnologias. Ela cobre histórias sobre as mais recentes inovações no setor de eventos com muita pesquisa e uma pitada de humor.

Send me a message

SUGGESTED READS

MAIS POPULARES

Inscreva-se para as últimas notícias & insights

A MCI Group coleta seus dados pessoais para processar sua solicitação e responder a você. Para mais informações: Declaração de Privacidade

* campos obrigatórios

ENVOLVA-SE CONOSCO

Conheça os benefícios de nossas soluções consolidadas